Meu filho Isaque nasceu com 7 meses, mas recebeu alta como uma criança saudável e normal. Embora fosse um bebê prematuro, era saudável.

Em junho, Isaque pegou uma gripe e ficou bem debilitado. A respiração era muito forçada e o peito cada vez chiava mais. Fomos ao médico e após o período de consultas e raio-x do pulmão, ele piorou. E aí vieram as convulsões epiléticas, chegando a ter cinco crises na frente do médico. Após 5 dias internado, ele recebeu alta e foi para casa aguardar o resultado dos exames, medicado com Gardenal Infantil.

Na mesma semana, era a apresentação do Isaque na C3 Curitiba e como a igreja já sabia do que a gente estava passando, oramos e declaramos juntos a cura completa dele. Depois da oração, decidimos parar com o medicamento, pois cremos que se ele foi curado não havia necessidade de tomar remédio.

Passados cinco meses, Isaque não teve mais nenhuma crise de convulsão. Alguns dias depois saiu o resultado de uns exames e ele foi diagnosticado com asma. O médico, então prescreveu o uso diário de duas bombinhas para controlar a doença. Oramos novamente e cremos na cura. Ao retornar ao pneumologista, Isaque recebeu alta de uma das bombinhas de asma. Hoje ele só usa se tiver crise, o que ele nunca aconteceu também.

Estas foram as duas curas que tomamos posse. Deus é fiel e hoje o Isaque está totalmente saudável, sem crises, sem peito chiando, sem respiração forçada e crescendo cada dia mais forte!